2010-02-28

ELA e o ARQUÉTIPO

BelindaWinter


A questão da sexualidade é um milagre erecto e persistente em nós disse-me, Selene, a deusa lunar, propondo um subtil e puro desejo: tomasse eu em mãos o seu arquétipo e as provas do seu princípio... seria uma ajuda para ela recordar.

- Pretendes perder o esquecimento ao longo de uma eternidade bem medida?

O hálito quente da sua boca no meu ventre deu-me sinais da fortuna perdida, e percebi nos seus lábios estendidos uma vertical dúvida; Selene queria indagar o proto-sentimento não era bem a eternidade que a preocupava, mas sim a realidade do seu hoje.

- Posso falar-te da Grande Mãe e da soma colectiva de todos os Complexos, mas temo a distorção do esquisotérico congelado , que o ponhas no micro-ondas e alcances o conceito absoluto , como nos manuais que prometem “ fórmulas para ser feliz ” ou o encontro da “ alma gémea ”. Selene estranhou deveras o meu falar para o aspecto do Grande Desconhecido Universal irritou-se e ordenou-me:

-Decifra-me ou devoro-te...

2010-02-17

INFERÊNCIAS FALACIOSAS


Ninfas diáfanas
Menos que pálidas

Gotejam
Murmúrios porosos.


Sorrisos e risinhos

Entre

Próteses falantes – O Silêncio


Táctil óptico... se falas

Escuto... quando muda.

 
Frágil transitoriedade