2009-04-18

CRISÁLIDA




Lera o bilhete, olhando ao seu redor percebera que havia quase ninguém por perto, confuso e magnetizado, aconchegou se no seu refúgio, uma garrafa de náufrago, jogada no formato da chuva, um mar intransponível de tranquilidade espraiou se por ele.
Tens um casulo em mim guardado, uma fenda se abrindo ao teu sono reparador, um quê de menino oferecendo se.
Como adulto anseio apertar a garganta metafórica, quedar me só e resolutamente no afago do corpo, olhando um céu manso, revejo essencialmente a ilusão de uma mentira suprema que de tanto ser um cristal Único, fonte de ilusão se manifesta.
O Único tem um além, implantado nos aquéns transcendentes de um Deus Criador das Coisas, já sabemos, as forças negadoras e afirmativas são o Mundo. Isso que há além do Único, podia ser um espaço variado de flores, polens e aromas onde inebriados nos lembraríamos de tudo.

2009-04-08

Em Abril...


Abre o seio, a Natureza, estendendo os seus braços carinhosos. Os ares são menos gélidos há mais criadores e resplandece por todo o lado o azul dos céus, os verdes da terra e o canto das aves.
Neste mês já se pode semear de tudo - grão, luzerna, trevos , beterraba feijão e milho.
O milho já nascido, sacha se, aplica se estrume, no caso da folhagem ter um tom amarelado.
Terminam se as preparações dos terrenos destinados às sementeiras e plantações próprias da época. Semear agriões, alfaces, tomilhos, cenouras, chicória, coentros, cominhos, acelgas e couves ( lombarda, saloia, repolho, bróculos e portuguesa).
Estrume misturado com terra caseira para a abóbora, melão e melancia.
Semeia se batata nas terras de cima: a produção é maior quando as batatas vão inteiras para a terra. O Tratador da terra usa a economia e prudência, acompanhando todo o processo da criação.
Em Abril semeia se ainda a açafroa; a flor produz o afamado condimento, a planta serve para dividir as hortas em quartéis. Alhos são plantados.
Em viveiro, semear, cebola pepinos e tomate.
Tubérculos de andorinhas, begónias gladíolos são plantados; deve se manter o terreno com uma certa humidade, mas nunca em excesso.
Semear abóboras ornamentais, amores perfeitos, assembleias, ásteres, baunilha, campainhas de trepar, casadinhos, cóleos, esporas, gafão japonês, gipsofilas, malvaíscos, manjericos, perpétuas, petúnias, saudades, valverdes, malmequeres e Zínias.,

Este é o meu Mundo…