2009-03-07

Campo em Flor

Esses lábios olham me promessas
sussurrado chega a mim teu olhar.
A madeixa de cabelo…
biombo da alma?
Convite?
Que não filosofavas, intuí.
Tá certo.
Aperto
Em
Mim
este desejo exponencial
da luta
entre razão e afago.
Trepo então devagar
pela senda sinuosa dos SS’s
que és…
mas
quedo me impotente ,
falta-me o tacto.
Colhamos flores
entretanto…

8 comentários:

Eu sei que vou te amar disse...

Teu poema e um jardim repleto de magia e flores!
Beijo doce

Eu sei que vou te amar disse...

Teu poema e um jardim repleto de magia e flores!
Beijo doce

Anónimo disse...

nem sei o q dizer....
as palavras nao saiem ... mas tenho a alma quente!!

mil bjocas enormes com todo o carinho...

Anónimo disse...

muito mas muito obrigada....

Janaina Amado disse...

Vejo que o perfume do teu poema chegou até ela... que bom! Xaxuaxos para os dois.

. fina flor . disse...

realmente estes lábios mereciam um poema ;o)

beijos, querido e boa semana

MM.

>>> adorei a música

Tally disse...

lindíssimo. e o fim, a colheita das flores, é singelo e forte.

Maria Muadiê disse...

Lindo, Kim, tão sincero!
um beijo