2008-01-09

Magros Ventos

...pau preto
luto na morte
concreto
abrigo da sorte
um rei
sete príncipes, um cavalo
a sela nas costas da vida
eu sei
quando estou, abalo
embalo argumentos na partida
embaraço os pensamentos
quarto crescente
semeio magros ventos
devaneio demente
minguante cheia lua de fujida
gravidez
lua mel
acidez...

3 comentários:

Fada disse...

Uauuuuuuu

adoreiii!!!

beijokasssssss

Joshua disse...

Kim, depois de seres Poeta e de sentires a fundo através da Palavra, o resto não interessa para mais nada. Fico feliz quando me comentas por seres Poeta, por sentires a funda através da Palavra.

Sente-te sempre bem-vindo e bem acolhido por mim, lá no PALAVROSSAVRVS REX.

Forte Abraço
PALAVROSSAVRVS REX

Aguiar disse...

gostei do seu blog. mto agradavel